OBJETIVOS

Objetivo Geral

Realizar uma análise da situação sócio-laboral e do perfil das pessoas com deficiência em nove países latino-americanos para estimar se a formação em TIC e o teletrabalho são uma alternativa para a sua inclusão laboral.

Objetivos específicos

  1. Gerar informações quantitativas sobre treinamento em TIC e a situação de emprego de pessoas com deficiência. Estime o número de potenciais telecomutadores.
  2. Generar información cualitativa a través de la observación y del relato de casos reales de teletrabajo de personas con discapacidad para identificar el uso de las TICs aplicadas al trabajo y detectar cómo son aplicadas las leyes y normativas que fueron propuestas en cada país para la inserción laboral de Pessoas com Deficiências.
  3. Disseminar conceitos, avanços e resultados relacionados a esta pesquisa e propor recomendações de acordo com a análise dos objetivos específicos um e dois aos diferentes atores: pessoas com deficiência, formadores, contratantes, governos e Organizações da Sociedade Civil (OSC).

Metodologia

Recolha de informação: abordagens macro e micro sociais

Em primeiro lugar, é detalhada a lista dos países participantes:
Argentina
Brasil
Chile
Colômbia
El Salvador
México
Peru
República Dominicana
Uruguai

Para saber se esses países latino-americanos têm condições culturais, sociais, políticas e tecnológicas para implementar o teletrabalho para pessoas com deficiência, serão utilizadas duas abordagens: a macrossocial ou quantitativa e a microssocial ou qualitativa.

A abordagem macrossocial nos permitirá reter enunciados teóricos de certo nível de generalidade que evidenciarão os aspectos quantitativos da pesquisa, em relação ao objetivo específico.

A abordagem microssocial, por outro lado, destaca o caráter relativo de suas conclusões, pois é imprescindível interpretar experiências, opiniões e seus significados que só fazem sentido dentro de um contexto situacional específico e limitado, referindo-se a casos específicos que permitirão mostrar os aspectos qualitativos.

Esta divisão facilitará a análise das informações e permitirá relacionar as duas perspectivas. Considerar apenas uma das abordagens poderia levar a uma visão fragmentada, uma vez que ambas constituem uma realidade indivisível.

A coleta de dados qualitativos será feita utilizando um software que a equipe irá determinar, das características do Atlas TI.

Resultados esperados

Os resultados da investigação serão documentados de acordo com os seguintes detalhes:

Objetivo específico um

  1. Relatório sobre a abrangência dos conceitos e instrumentos de medição utilizados na população com deficiência.
  2. Relatório sobre a situação jurídica destacando os aspectos que dificultam e / ou favorecem o teletrabalho em cada país e as iniciativas legislativas que porventura estejam em estudo.
  3. Relate as iniciativas detectadas para promover o teletrabalho para pessoas com deficiência.
  4. Lista de organizações detectadas que oferecem treinamento em TIC para pessoas com deficiência, incluindo as características gerais de seus programas.
  5. Relatório sobre a evolução nacional das ajudas técnicas detectadas e as facilidades para a sua aquisição.
  6. Relatório numérico sobre o perfil demográfico e laboral das pessoas com deficiência.
  7. Relatório situacional de trabalho e deficiência.
  8. Relatório de tendências relacionando variáveis ??que permitem estimar o número de pessoas consideradas potenciais teletrabalhadores em cada país.

Objetivo específico dois

  1. Relatório de estudo de casos trabalhistas de teletrabalhadores com deficiência.
  2. Relatório trabalhista sobre como as ações e políticas são especificadas em nossos entrevistados.
  3. Relatório da formação atual e sua comparação com o perfil dos teletrabalhadores. Relatório de treinamento necessário para teletrabalho.
  4. Relate as experiências detectadas no Setor Público.
  5. Relatório sobre a demanda de teletrabalhadores e estimativas de oportunidades futuras, de acordo com a receptividade detectada.
  6. Declaração escrita das opiniões recolhidas em cada país.

Objetivo específico três

  1. Site acessível com informações sobre teletrabalho e deficiência com necessidades de informação detectadas. Também conterá:
    – Informações sobre design acessível,
    – Um glossário de termos sobre teletrabalho, deficiência e design para todos.
    – Uma plataforma acessível para trabalho remoto colaborativo será integrada.
  2. Links para sites acessíveis de teletrabalho e deficiência.
  3. Livro “Telecapacitado”
  4. Vídeo “Telecapacitado”
  5. Serão propostas recomendações para facilitar a inclusão laboral de pessoas com deficiência por meio do teletrabalho.
  6. Uma visão futura de inclusão de pessoas com deficiência por meio do teletrabalho será construída de acordo com as informações coletadas.
Scroll to top